VOCÊ

novembro 21, 2006

Você virou parâmetro de comparação. Você virou o cara com quem eu comparo todos os outros. Com quem eu gostaria que todos se parecessem. Eu só olho pros outros caras procurando um cabelo tão lindo quanto o seu. Um olho tão verde quanto os seus. Um sorriso tão lindo. Mas ninguém conseguiu essa façanha. Ninguém tem a sua boca fofa. Ninguém é você e ninguém me basta tanto quanto você. Ninguém tem o seu jeito.  Ninguém me faz rir como você.  Você é tão eu que eu penso que é meu.

Depois de você, os outros são os outros e só. Eu cito Kid Abelha. Aprendo a dançar forró (aprendo a dançar qualquer coisa, na verdade). Eu viro loira. Eu passo a noite em claro. Você vale qualquer mudança de planos. Você merece que eu tire férias só pra dormir e acordar do seu lado. Pra te ter suado. Você me leva pra Lua, ida e volta em cinco segundos. Você me tira do ar, me deixa no chão. E você é essa pessoa do bem.

Você é o que faz tudo valer a pena. Você compensa qualquer esforço. Você vale o risco. Você  me desafia. Me faz ir atrás. Ir além. Ir mais longe e querer mais. Você me apaixona. Me arranca pedaços. Me deixa de boca aberta. De coração na mão. Você é o que me faz levantar da cama de manhã cedo. Você é que me faz precisar de mais 36 horas no meu dia. Você me devolve a vontade de viver quando eu penso que tudo acabou. Você me tira de casa de madrugada. Você faz meu coração bater mais forte. Você me faz querer viver pra sempre. Você é o que me move.

E agora eu quero patentear isso. Quero meus direitos autorais. Dá pra fazer várias cópias de você e espalhar pela cidade pra toda hora que eu precisar?  Dá pra me olhar por mais de um segundo (ou dois, se eu sobreviver ao primeiro)? Dá pra parar de ser tão tudo de bom pra eu conseguir achar graça em mais alguém? Dá pra ser só meu pra sempre?

Dá pra mandar eu parar de escrever sobre você porque eu to ficando muito clichê?

Anúncios

novembro 11, 2006

– eu sei onde você quer chegar
você quer ver eu me ajoelhar e
IMPLORAR pelo seu perdão
espere sentado que a resposta é NÃO. (
♥)