maio 6, 2007

Se é pra chorar, que seja de alegria. Se é pra esperar, que seja com paciência. Se é pra querer, que seja o melhor. Porque “qualquer um” pra mim não serve, não basta, não preenche. Se é pra pintar, que seja um quadro grande, inteiramente colorido. Eu não tenho tempo para “temporário”. Eu quero o definitivo. Que irá chegar para jamais partir. Se é pra se esconder, que seja onde só você encontre. Se é pra amar, que seja de alma. Se é pra ter alguém, que seja você. E acima de tudo que seja pra sempre.

Anúncios