é natal!

dezembro 23, 2008

Eu não posso dizer que gosto totalmente do Natal, que acho o máximo esse espírito consumista, digo Natalino que aflora nas pessoas durante essa época do ano. Mas já posso adiantar que ver cidades iluminadas e com cheiro de Natal dá um gostinho diferente na vida, aquela coisa esquisita e ao mesmo tempo boa dentro da gente.

Eu não lembro de nenhuma história de Natal pra contar, também não achei nenhuma foto com o Papai Noel. Talvez nem tenha, talvez eu sempre estive certa sobre ele, mas nunca deixei de acreditar. Às vezes acho que levo a sérioaté demais essa história do “bom velhinho”.

Também não vou dizer que é hora de reflexão, de analisar tudo o que passou em nossas vidas, de sermos generosos uns aos outros e darmos as mãos para chorar ao perceber que muito dinheiro foi gasto e que ele foi posto todo pra fora em líquido, sólido ou qualquer formato que o homem ainda é capaz de inventar. Que por conta de inúmeras saídas a calça nova foi um ou dois números maiores, que a cabeça não funciona tão bem comparada ao ano anterior, que não valeu nenhum pouco a pena chorar por quem te fez sofrer, que o amigo que vazou foi quem perdeu, que festas são sempre bem vindas mas que não custa nada deixar o social de lado e ver um filme a toa na tv no sábado a noite. Mas não é assim. Há altos e baixos na vida de qualquer pessoa. Loiro(a)s e moreno(a)s também. Os tombos são inevitáveis. Não adianta fugir dos flashes por sempre vai ter um espertinho querendo tirar proveito da situação. O famoso jeitinho brasileiro, sabe? Ah o Brasil!

Mas nem só de desespero vive-se um ano inteiro.

Lembra quantas vezes se apaixonou pela(s) mesma(s) pessoa(s) nesse ano? O alívio que sentiu por ter esquecido, a euforia que bateu num novo beijo, num novo jeito. As conquistas todas. De amizades recentes até bailes formais, gradualmente falando. O quanto aprendeu em tão pouco tempo. O quanto vai ter de repetir até aprender. Os olhares todos verdadeiros e nem sempre entendidos porque sempre tem um que fica de fora. É muita informação hoje em dia! E as músicas novas que pintaram? Estilos diferentes dentro de uma coisa só. E que não dá defeito. Teve gente que saiu pra ver lá fora e gente que espiando da janela conheceu o mundo. Se bobear dá pra ficar quetinho de olho fechado e ouvir ao fundo as gargalhadas todas e alguns soluços perdidos por aí. Faça o teste.

Daqui á um dia já é Natal e daqui a pouco a meia-noite, sozinho, feche os olhos e busque a cena perfeita pra você do ano que passou. Escolha algumas. Uma é sacanagem. Tente atingir quantas pessoas achar necessário. Deseje o bem e não peça muita coisa em troca. A crise tá batendo à porta. Se verdadeiro toda essa energia chegará ao mais distante. Você vai sentir. E se no final precisar chorar dá um toquinho que a gente liga de volta.

FELIZ NATAL E UM 2OO9 REPLETO DE ALEGRIA! 😉

agora é assim, de pedra!

dezembro 10, 2008

550188502

ai essa minha vida viu “amiga”, pode ser boa que é uma coisa, eu já chorei muito, e já doeu muito aqui dentro desse meu coração. Mais também, agora eu tô, óh! tá vendo? DE PEDRA. E eu não consigo mais nem sentir um pouquinho só de pena desse mundo. A minha pureza era linda “amiga”, mais nínguem entendia ela sabe, “amiga”, nínguem acolhia ela. Todo mundo sempre abusa de mais dela, viu “amiga”. Mais agora, tá tudo bem diferente, eu mudei, nínguem mais abusa da minha alma, porque nem alma eu tenho mais. Já era, “amiga”. É isso que chamam de ser esperto?! nossa então eu sou um gênio. Bate bem aqui no meu peito “amiga”? Você sentiu o barulho de granito que fez? Ah, quebrou a pata, ops, quiz dizer o braço “amiga”? DESCULPA!

dezembro 9, 2008

03

” Nada é para sempre e chega um momento onde todos devemos dizer adeus ao mundo que conhecíamos. Adeus a tudo que tínhamos como certo. Adeus àqueles que pensávamos que nunca nos abandonariam. E quando essas mudanças finalmente acontecem, quando o conhecido se foi e o desconhecido tomou seu lugar, tudo que qualquer um de nós poderíamos fazer é dizer oi e dar as boas-vindas.”  ONE TREE HILL           

atgaaacc-mpomag_pzhq2yzardvdkklqk4n2nca5e9otxlgwcqsnwxcgijre4mr01vsmkodxulx6pgvzgdlevqya2t07ajtu9varep0v3ckdhc39zpyinyxyga0pia

” não chores pelas coisas terem terminado, sorria por elas terem existido. “   depois que eu li essa frase, resolvi fazer um texto para as pessoas mais especias da minha vida, que são as minhas amigas, as verdadeiras, as que o tempo, e nem tão pouco a distancia irá separar ou fazer esquecer. as que me fazem ser o que sou, as que me fizeram rir, chorar de saudade, e que me deram a mão quando eu mais precisava.

Tomara que enquanto as minhas amigas forem ler isto, se passe dentro da cabeça delas um filme branco e preto de memórias,e que essas memórias as façam rir, ou até mesmo chorar. chorar de saudade (porque embora agente tenha se visto recentemente, a saudade ainda é imensa), e de tempos, e da nossa idade que não volta nunca mais. e se de alguma forma eu puder retribuir tudo o que elas já fizeram por mim, as vezes mesmo sem perceber, será SEMPRE COM A MINHA AMIZADE VERDADEIRA, pois eu nunca tinha conhecido antes, amigas como elas, verdadeiras, e eternas. e á elas, eu desejo tudo de melhor que a vida possa oferecer, pois ninguém merece tanto quanto elas. e é assim que eu guardo as minhas amigas, e é assim que eu também quero ser guardada, como alguém que pode estar quão longe for, mais que sempre lembrará delas. e eu acho que os “EU TE AMO” agente pode dispensar depois de tudo isso, porque elas todas sabem o quanto eu as amo , e se eu for resaltar isso toda hora vai ficar meio clichê.

Foram briguinhas, risadas, comemoraçoes, festas, choros, emoções, amores, fotos, aulas, professores, amizades, inimizades. foram famílias, foram promessas fizemos e nem lembramos mais, mais que sempre foram guardadas como promessas. foram palavras que jamais foram e serão esquecidas. foram manhãs na sala de aula, dançinhas da serpente, venenos que soltamos, conversas no msn. foram semelhanças e diferenças que permanecem até hoje, outras nem tanto. éramos nós meninas, mais unidas do que cú e carça, crianças inocentes, que não sabiam o que a vida guardaria para nós ( e que agora sabemos, que com a separação tudo se torna mais difícil e sem cor) e hoje dá pra se ver que ela nos reservou tantas coisas, tantos reencontros, que nunca poderíamos ter imaginado. ensinamos tantas coisas umas para as outras, uma lição de portugues, um problema de matemática, como fazer pra não sofrer com a falta de fulano… mais ainda temos muito o que aprender, e também temos muitas coisas que ninguém nos ensina, como por exemplo a não sentir saudade de tudo que já foi vivido, de tudo que um dia nos fez tão feliz.

Quantas vezes vocês não me fizeram sorrir, quando eu mais tinha vontade de chorar? é, foram tantos momentos, que nem se eu quisece iriam caber em mil textos. pois é, crescemos e hoje estamos aqui, juntas, ou separadas, estamos aqui, renovando e revivendo cada segundo que já passamos, só que desta vez fazendo eles serem melhores e mais inesquecíveis. e que vocês entendam que essas palavras não são nem metade de tudo o que vocês representam para mim, do lugarzinho que cada uma tem reservado dentro do meu coração.

Meninas, não será preciso remexer nos porões da minha memória para relembrar tudo o que já vivemos juntas, pois sempre que eu as vejo tudo vem a tona. e são nos momentos de mais tristezas que paramos pra pensar em tudo que já aconteceu em nossas vidas, as pessoas que por ela passaram, as coisas que fizemos e tudo aquilo que aprendemos. e são bem nesses momentos que começamos a lembrar das nossas amizades, que sempre estiveram presentes conosco, quando precisávamos e que nunca poderíamos esqucer. amizades que por mais longe que estivessem, nunca se separaram, amizades que o tempo nunca foi capaz de apagar. amizades que mesmo estando longe, estava perto. amizades em que os momentos tristes eram maneiras de comprovar que nem o tempo e nem a distancia iria nos separar. E NÃO NOS SEPARAMOS, E NEM IREMOS NOS SEPARAR, porque como foi dito a alguem, que eu agora resolvi deixar pra traz, O AMOR VERDADEIRO, NUNCA MORRE.

e esse texto fooi dedicado extamente para as pessoas que fizeram o meu ano de 2008, o mais feliz e inesquecível de todos, o melhor ano da minha vida, porque foi nele, que eu vi quem era minha amiga de verdade, quem eram as pessoas das quais eu quero levar comigo para todo o sempre. foi nesse ano, que eu vi que as mais especias eram A BRUNA, A JÉSSICA, A LARISSA E A AMANDA, e que o resto, é simplesmente, o RESTO!

 

MENINAS AMO MUITO VOCÊS! e obrigado por fazerem parte da minha vida.

dezembro 3, 2008

1167190460_f

– Se todos se preocupassem e ninguém chorasse… Se todos amassem e ninguém mentisse.. Se todos compatilhassem e engolissem o orgulho, nós veríamos o dia em que ninguém morreria!

as pessoas hoje em dia mudam de uma hora pra outra e esquecem de avisar as outras. essas outras acabam ficando muito chateadas e não sabendo o que fazer na vida.. não sabem se seguem, se ficam, se voltam… e assim o mundo vai indo. não sei se vai indo, ou voltando… tudo depende do pensamento de cada um. Muitas são as pessoas ignoradas nesse mundo, talvez por terem uma mentalidade, um jeito, um pensamento diferente… Em um mundo tão grande como o de hoje, onde há tantas diferenças, o mínimo que o ser humano deveria fazer era amar as pessoas que estão ao seu lado da maneira que elas são, não importando a religião, o tipo de música… mas sim o que tem por dentro. isso sim tem valor, isso sim as pessoas deveriam observar e aprender a conservar… Porque pode ter certeza, que se uma pessoa aparecer na sua frente, a primeira coisa que ela irá fazer vai ser olhar a marca da sua calça, o seu sapato, a sua bolsa… e por ultimo de tudo perguntará: vc está bem? Pois é… isso realmente acontece. Só espero que daqui pra frente tudo melhore, que as pessoas se conscientizem do que estão fazendo.. e tomara que isso seja rápido, porque logo será tarde demais..

ps: é díficil ver sua melhor amiga te esnobando, não olhando na sua cara, sem ao menos ter algum motivo ou explicação, é difícil entender, e aceitar, se alguém ae souber como ajudar me dê um HEELP!

 

beijo, beijo! 😉

tem que existir verdade…

dezembro 2, 2008

Na vida tudo passa, não importa o que tu faça. O que te fazia rir hoje já não tem mais graça. Tudo muda, tudo troca de lugar, o filme é o mesmo, só o elenco que tem que mudar. Tem que alterar pra poder se encaixar. Se não for pra ser feliz é melhor largar! Então se ligue, busque felicidade, pra existir história tem que existir verdade..
Numa estrela cadente o sonho se faz presente, no compasso do batuque de um coração doente. A fera tá ferida mas não tá morta, Deus fecha a janela mas deixa aberta a porta. Então se ligue, busque felicidade, pra existir história tem que existir verdade..
Porque o sol não se tampa com a peneira, pra quem já tá molhado um pingo é besteira. Renovo minha força vendo o sol se pôr, pensamento longe renovo meu amor! Cada chaga que a gente traz na alma é a confirmação de que a ferida sara e se restaura, já foi cicatrizada. Eleve as mãos pros céus que a tua alma tá blindada, pois ninguém vive conto de fadas! Prefiro meu degrau do que sua escada! Então se ligue, busque felicidade, pra existir história tem que existir verdade..
Que por sinal é pra subir e pra descer, um degrau de cada vez, é assim que tem que ser! Tá entendendo o que eu tô falando? Caiu a ficha ou ainda tá boiando? Minhas palavras pairam pelo ar
e o meu show tem que continuar. Que nem no ringue tem que ter molejo. Na minha criação, a força vence o medo! Sem querer controlar o que sinto, vivo sem deixar sombras no tempo!
Então se ligue, busque felicidade, pra existir história tem que existir verdade..